Um homem de 60 anos que jogou uma garrafa de shochu na embaixada dos EUA na Coreia do Sul foi preso.

A delegacia de polícia de Seul Jongno disse no dia 6 que está investigando um homem de 60 anos por suspeita de danos à propriedade.

Por volta das 11h35 do dia anterior, o Sr. A era suspeito de arranhar o vidro temperado ao jogar uma garrafa vazia de shochu na entrada de funcionários do lado direito do portão principal da Embaixada dos EUA em Jongno-gu, Seul. Foi informado que ninguém ficou ferido.

Quando o Sr. A foi preso pela polícia, foi constatado que ele não estava bêbado. Em uma investigação policial, o Sr. A solicitou uma entrevista com o embaixador dos EUA, mas descobriu que ele havia feito uma declaração no sentido de que foi rejeitado.

O embaixador dos Estados Unidos na Coréia, que o Sr. A afirmou se encontrar, estava ausente há mais de um ano, mas foi recentemente nomeado pelo embaixador na Colômbia, Philip Goldberg.

A polícia está planejando investigar os motivos específicos do crime e as circunstâncias do incidente.

Um homem de 60 anos que jogou uma garrafa de shochu na embaixada dos EUA na Coreia do Sul foi preso.