Terremoto M7.2 no Haiti mata pelo menos 304 pessoas

Um terremoto de magnitude (M) 7,2 atingiu o Haiti, uma nação insular no Mar do Caribe, na manhã do dia 14, matando pelo menos 304 pessoas. Autoridades locais disseram na mesma noite. O país ainda estava em processo de recuperação do terremoto de 2010. Em uma entrevista coletiva, o diretor do Departamento de Proteção Civil, Jerry Chandler, disse: "160 pessoas na província do sul, 42 em Nipped, 100 em Grand'Anse, noroeste (duas pessoas foram confirmadas como mortas no noroeste)".

O epicentro fica a cerca de 160 km a oeste da capital, Porto Príncipe, em termos de distância rodoviária.

O primeiro tremor longo foi sentido em muitas partes do Haiti. Escolas e casas foram danificadas no sudoeste da península, de acordo com imagens postadas pelas vítimas.

De acordo com Chandler, o atendimento médico de emergência é restrito nas áreas onde os danos foram particularmente graves e as enfermarias de emergência estão lotadas em pelo menos três governos locais. O primeiro-ministro Ariel Henry declarou estado de emergência em todo o país por um mês. Ele mostrou solidariedade e pediu às pessoas que não entrassem em pânico.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse: "Estou profundamente entristecido pelo catastrófico terremoto em que o povo do Haiti já está enfrentando dificuldades". “Investigue os danos e ajude os feridos que precisam de tratamento e aqueles que precisam reconstruir suas vidas”.

O US Geological Survey (USGS) emitiu um alerta de tsunami imediatamente após o terremoto, mas logo foi suspenso.

Terremoto M7.2 no Haiti mata pelo menos 304 pessoas