Confira Países que o CDC recomenda evitar viagens com nível de alerta de nivel 4

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) atualizaram sua lista semanal de níveis de alerta de viagem com base no status de novas infecções por coronavírus em todo o mundo no dia 7, com Hong Kong e Nova Zelândia no mais alto "nível 4". Adicionado Tailândia. O CDC recomenda evitar viagens com nível de alerta nacional/regional de 4, onde o número de pessoas infectadas nos últimos 28 dias ultrapassou 500 por 100.000. Hong Kong e Nova Zelândia permaneceram praticamente isolados durante a epidemia global do novo coronavírus, resultando em um número relativamente pequeno de indivíduos infectados e foram vistos como casos bem-sucedidos de resposta ao novo coronavírus. No entanto, a variante Omicron causou um aumento na infecção. Cenário familiar está se espalhando em Hong Kong. O necrotério está quase cheio, o hospital está cheio de pacientes e as prateleiras das lojas estão vazias. Hong Kong introduziu regulamentos rigorosos desde o início do surto e, recentemente, muitos voos internacionais que chegam a Hong Kong foram suspensos. O número de infecções também está aumentando rapidamente na Nova Zelândia. A Nova Zelândia acaba de iniciar os esforços para reabrir a fronteira. A Tailândia, que também é um destino turístico popular, também foi adicionada ao Nível 4. A partir de 1º de fevereiro, a Tailândia retomou um programa "test and go" que permite que turistas estrangeiros que tenham completado a vacinação entrem no país sem quarentena de longo prazo. Até agora, Hong Kong, Nova Zelândia e Tailândia foram classificados como "Nível 3" com 100-500 por 100.000 pessoas infectadas nos últimos 28 dias. Embora o número de infecções por coronavírus em todo o mundo tenha diminuído desde seu pico no final de janeiro, especialistas alertaram que a epidemia não acabou. Adicionados ao Nível 3 desta vez estão Anguilla Britânica, Cabo Verde, Fiji, México, Filipinas e Emirados Árabes Unidos (EAU). Ambos foram rebaixados do nível 4. Nove países africanos, incluindo Angola e Djibuti, tiveram 50-99 infecções "nível 2" por 100.000.

Confira Países que o CDC recomenda evitar viagens com nível de alerta de nivel 4