Chuva forte, mais de 4.000 casas danificadas, chuva forte novamente a partir do dia 17

Devido à frente estacionária, chuvas fortes caíram principalmente em Kyushu no dia 16. A chuva causou inundações e deslizamentos de terra que danificaram casas um após o outro, e a Agência de Gerenciamento de Incêndios e Desastres do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações a partir das 8h30 do dia 16 ultrapassou um total de cerca de 4.100 prédios, principalmente em Fukuoka Prefeitura. No dia 17, chuvas fortes podem ocorrer novamente do oeste do Japão ao leste do Japão e Tohoku, e a Agência Meteorológica do Japão pediu cautela contínua. De acordo com a Agência Meteorológica do Japão, a precipitação total desde o início da chuva no dia 11 excedeu 1.000 mm no Monte Unzen, província de Nagasaki no dia 16. A frente deverá estagnar perto do Japão até por volta do dia 20, e o total de chuvas em cada região provavelmente aumentará no futuro. Devido ao recorde de chuva forte, mesmo uma pequena quantidade de chuva pode causar um desastre.

Chuva forte, mais de 4.000 casas danificadas, chuva forte novamente a partir do dia 17